Casa do Alinhador
63 3217-1067
99979-1726

Por que a gestão de estoque é tão importante para uma oficina?

Por que a gestão de estoque é tão importante para uma oficina?

A gestão  de estoque é importante para qualquer empresa que trabalhe com vendas. É através dele que o gestor vai acompanhar a entrada e a saída dos itens, programar a reposição e evitar contratempos que possam atrasar os serviços ou interferir negativamente no fluxo de caixa. E no caso de uma oficina, ter esse controle é ainda mais importante. Se a empresa oferece manutenção e reparos, é importante que ela possua uma quantidade segura de peças à disposição para serem utilizadas sempre que preciso.

Acontece que muitos gestores têm dúvidas sobre como fazer a gestão de estoque da oficina corretamente. Não é uma tarefa simples, mas é extremamente necessária. Muitas oficinas cometem o erro de não darem atenção a este detalhe, e isso acaba trazendo inúmeros prejuízos. Iremos agora ensinar você a fazer corretamente o controle de estoque da sua oficina ou auto center!

Como fazer uma boa gestão de estoque?

A palavra de ordem é controle. Ele está diretamente ligado à verificação de entrada e saída de cada item, para garantir a reposição imediata do que estiver faltando e realizar as compras necessárias, sem gastos adicionais por conta de erros. Além disso, com um controle rigoroso, é possível identificar quais são os serviços mais procurados pelos clientes, afinal não pega bem para a imagem da empresa não ter uma determinada peça justo na hora de realizar um reparo.

Se há alguma peça sem rotatividade, use isso a seu favor: faça promoções em serviços que a utilizem. Imagine que ótima oportunidade para gerar um fluxo de caixa maior, principalmente nos períodos de baixa. E depois disso, que fique entendido: adquira menos dessas peças para evitar que fiquem paradas no estoque.

Crie uma planilha

Não importa o tamanho da sua oficina: ter ferramentas de gestão é essencial. Desenvolver planilhas de controle de estoque é um jeito muito eficaz de ter um panorama geral das peças que entram e saem. O ideal é que os documentos sejam armazenados digitalmente, pois permite melhor atualização do controle, além de oferecer muito mais facilidade na consulta às informações sobre a disponibilidade de ferramentas no estoque, além de facilitar o cálculo sobre o investimento realizado, possibilitando uma ampla avaliação dos gastos.

Faça um controle financeiro

Ter um relatório do ativo disponível é uma forma eficaz de obter sucesso. A estruturação de gastos e entradas deve ser feita a partir da noção que se tem de quais recursos estão parados no estoque e qual o seu valor total. Primeiro, deve-se calcular os custos fixos mensais com a entrada de mercadoria e no final do mês, contabilizar quanto foi comprado e vendido. Em seguida, realizar uma contagem do que está parado. Como foi dito acima, é possível vendê-los ou utilizá-los em serviços a valores promocionais. Resumindo: menos custos e mais lucros.

Tenha um bom relacionamento com os fornecedores

Quem administra uma empresa sabe como é importante possuir um bom relacionamento com os fornecedores, afinal, são eles que garantem que não faltem peças na sua oficina, assim como a qualidade dos produtos, sempre dentro dos prazos. Sem contar que as negociações tornam-se bem melhores quando há esse relacionamento diferenciado.

Para escolher bons fornecedores, o ideal é pesquisar bastante sobre cada empresa, assim como a qualidade dos produtos, garantias, prazos e valores, dando preferência a quem já possui uma certa consolidação no mercado. Um dos maiores desafios de um dono de oficina é encontrar parceiros de confiança. Com fornecedores de confiança, há muito menos riscos de você ter que lidar com desabastecimento e utilização de peças de má qualidade, além de aumentar a demanda sem ter que esquentar a cabeça com a preocupação de não haver ferramentas suficientes no acervo.

Capacite a equipe

Uma boa gestão não depende só do dono da oficina, mas cabe a ele capacitar a equipe para que todos assumam suas responsabilidades corretamente, garantindo uma movimentação mais eficiente das mercadorias e decisões tomadas assertivamente. Por menor que seja o negócio, esse trabalho em equipe sempre será fundamental

Todo o fluxo de trabalho depende do comprometimento da equipe. Por exemplo: um mecânico deve fazer um registro sempre que retirar uma peça para realizar alguma manutenção, especificando qual peça e para que ela foi usada. Sendo assim, de nada adianta utilizar bons softwares de gestão se a equipe não faz sua parte. Para isso, o ideal é investir em treinamento adequado para conquistar aquela vantagem tão sonhada sobre a concorrência.

Gostou desse artigo? Deixe seu comentário ou sugestão e assine a nossa newsletter. Ah, e não deixe de nos seguir nas redes sociais; estamos sempre preparando conteúdo exclusivo para você!

Inscreva-se para Receber Novidades

loading...

Como Chegar

712 Sul, Avenida. LO 19, Lt 15 Palmas - Tocantins | 77022-422

Telefones

63 3217-1067

63 99979-1726